Vantagens de ter um guarda-roupa cápsula

Vantagens de ter um guarda-roupa cápsula

Quem não passou já  pela experiência de abrir o armário, olhar e pensar que não tem nada para vestir? E por mais roupa que se compre, a sensação de não ter o que vestir não desaparece! Isso não acontece por falta de roupas, e sim, porque não sabemos combinar as roupas que já temos e vamos comprando roupa e mais roupa, sem pensar se ela combina com mais de uma peça do armário.

Para nos ajudar a lidar com este problema, surgiu o conceito de “Armário Cápsula”, ou Capsule Wardrobe, conceito definido pela primeira vez por Susie Faux, na década de 70 e “tratava-se de uma coleção de peças básicas e intemporais que, aliadas a peças de estação, deixariam a pessoa sempre bem vestida e actual”. Mas este conceito só ficou famoso em 1985, quando a estilista Donna Karan lançou uma coleção de apenas sete peças que se complementavam e colocavam, assim,  em prática o conceito.

“Armário-cápsula é uma técnica que consiste em escolher uma quantidade limitada de peças para vestir durante um tempo determinado, sem comprar nada novo, apenas criando combinações com as peças existentes.”

O armário cápsula é extremamente relevante na actualidade, em que tanto se fala em consumo consciente, que está especialmente relacionado com a procura de um maior autoconhecimento e, consequentemente, menos consumismo. O armário cápsula mostra que é possível criar um guarda roupa básico, inteligente e que tenha o seu estilo, sem que isso pese tanto no seu bolso ou no espaço que tem disponível. É tudo uma questão de ter consciência sobre o que se tem no armário, do que realmente se gosta e precisa, e de como usar, da melhor maneira, as peças que já se têm.                          

Um dos princípios do Armário Cápsula é tentar, ao máximo, evitar aquelas peças baratas e quase descartáveis e antes investir em peças de boa qualidade. Pagar-se-á mais caro por cada peça, mas a longo prazo, vai perceber-se que não é necessário comprar substituições a cada temporada.

Algumas regras a ter em conta para construir o armário cápsula:

1. Conheça o seu estilo: é importante conhecer o seu estilo pessoal e as roupas que mais gosta de usar,

2. Saiba quais são as cores da sua harmonia e as suas combinações, mas privilegie as cores neutras: Cores como preto, branco, castanho, cinza ou azul marinho combinam com tudo. Depois de escolher as peças básicas, coloque alguns itens de cores mais vibrantes da sua paleta de cores,

3. Prefira padrões e formas clássicas: há sempre um padrão na moda, porém algumas mantêm-se  clássicas e intemporais. Essas são as que devem ser priorizadas na construção do armário cápsula.

Além destes conceitos, existem algumas ideias menos radicais que propõem a criação de pequenas cápsulas dentro do guarda-roupa, de acordo com a sua “lifestyle” (tipo de trabalho, vida social, desportos, hobbies). Assim, deverá ter-se um guarda roupa cápsula para o trabalho, outro para vida social, outro para viagens, …

Algumas vantagens do guarda roupa cápsula:

– Um armário feito exclusivamente de peças de roupa que se conjugam todas entre si, reduz a ansiedade e o stresse e facilita na hora de se vestir todas as manhãs, economizando, assim, tempo e permitindo que se arranje mais  rapidamente,

 Com um armário que tenha peças versáteis tudo pode ser misturado e combinado facilmente para criar vários looks para várias ocasiões e maximizando as combinações,

– Economizará dinheiro, pois só comprará itens que complementam o seu guarda roupa, e também economizará tempo e energia pois gasta menos tempo a escolher a roupa,

– Com menos roupa, poderá ter uma peça por cabide e todas rápida e facilmente visíveis,

– Deixar de fazer compras “emocionais” que acabam no fundo do armário sem nunca se vestirem,

É recomendável que cada peça do guarda-roupa combine com duas a cinco outras peças, para fazer boas composições (quanto mais peças combináveis, melhor).

As peças que devem constituir um guarda roupa cápsula devem ser peças essenciais em que se deve investir, peças intemporais e, por isso, devem ser de qualidade:

– Camisa branca

– Vestido preto,

– Vestido camiseiro e vestido envelope,

– Trench Coat,

– Saia plissada,

– Jeans,

– Blazer,

– Calças de alfaiataria,

– T-shirt branca e preta,

– Cardigan em cores neutras,

– Blusão de pele,

– Vários tipos de calças,

– Camisola de caxemira,

– Casaco comprido,

– Sapatos na cor nude

 

Com estas “dicas” é fácil criar o seu. Mãos à obra?

 

Artigo originalmente publicado na BIRD Magazine

No Comments

Leave a Comment